Psicólogo Nuno Gago | Consulta da Criança
Psicólogo com formação superior em Clínica, Saúde e Neuropsicologia. Especializado em Coaching Parental e na intervenção com crianças e jovens. Com experiência em áreas como as dificuldades emocionais, cognitivas e de aprendizagem, problemas de comportamento, comportamentos de risco e quadros clínicos.
Psicologia, Clínica, Adolescentes, Psicoterapia, Jovens, Défice de Atenção, Hiperatividade, Saúde, problemas de comportamento, crianças, depressão, ansiedade, birras, medos, memória, atenção
16783
page,page-id-16783,page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,ajax_updown_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,overlapping_content,qode-theme-ver-7.8,wpb-js-composer js-comp-ver-4.8.1,vc_responsive
consultorio-crianca

CONSULTA DA CRIANÇA

O desenvolvimento humano é um processo de crescimento a vários níveis: físico, comportamental, cognitivo, emocional e relacional. Em cada fase surgem desafios e aquisições próprias e cada criança experiencia-as de maneira diferente.

É na infância que se organizam os mecanismos psicológicos que nos acompanham ao longo da vida e que se criam as bases sólidas que estruturam a personalidade. Todavia, é também nesta fase que existe maior maleabilidade e plasticidade psíquica que tornam este período particularmente favorável à intervenção psicoterapêutica.

É frequentemente face a comportamentos inesperados em Casa ou na Escola, no decorrer do ano lectivo e face a informações inesperadas relativas ao rendimento escolar ou respeitantes ao comportamento e interacção com os pares e professor, que os pais se interrogam sobre o bem-estar do filho e sobre a eventual necessidade de o levarem a um Psicólogo.

Esta é uma questão sensível, à qual nem sempre é fácil dar resposta pois a criança expressa as suas emoções de forma diferente e comportamentos que facilmente são tomados única e exclusivamente como falta de educação e afronta podem dar conta de um mau-estar que a criança não sabe verbalizar como tal.

Alguns sinais de alerta que poderão ser indicadores de que é o momento de procurar ajuda são: insucesso escolar e/ou dificuldades de atenção/concentração; comportamentos agressivos; inibição/isolamento; tristeza; apatia; medos/fobias; dificuldades de adaptação a acontecimentos de vida como o divórcio dos pais, nascimento de um irmão, mudança de escola, luto, etc; perturbações alimentares; perturbações do sono; perturbações do controlo esfincteriano (enurese, encoprese); entre outros.

A entrevista com os pais, a observação e a avaliação psicológica permitem fazer o despiste atempado de perturbações do foro psicológico. Caso estas se confirmem, a intervenção psicoterapêutica possibilita a redução das dificuldades sinalizadas, impedindo a sua instalação, assim como o retomar de um desenvolvimento saudável.

Agende a sua consulta

ESPECIALIDADES